Assinado protocolo para facilitar investimentos japoneses no Estado

Foto: Karine Viana
Foto: Karine Viana

O governador José Ivo Sartori participou nesta segunda-feira (31) da abertura da 18ª Reunião Conjunta do Comitê de Cooperação Econômica Brasil-Japão, que reuniu executivos, representantes das indústrias e dos governos do Brasil e Japão para debater a relação econômica bilateral e oportunidades de negócios entre os países. O evento é uma iniciativa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e sua contraparte japonesa, Keidanren, em parceria com a Federação das Indústrias do Estado do RS (FiergsA).

A reunião, que acontece cada ano em um país, incrementa o comércio bilateral, através da constituição de um espaço de constante diálogo para o desenvolvimento de iniciativas capazes de fortalecer a cooperação, o aprofundamento das relações econômicas e a melhoria do ambiente de negócios entre os dois países.

Durante o encontro também foi assinado o Protocolo de Intenções entre o Estado, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT) com o Banco de Tokyo-Mitsubishi como maneira de cooperação mútua para atração de investimentos.

O governador afirmou que o RS está de portas abertas para o mundo, para o desenvolvimento e principalmente para o Japão. “Estamos dispostos a aprofundar relações econômicas e humanas e deixar de lado as distâncias para a geografia”, afirma. Salientou que é “preciso aproximar os mercados e falar de inovação, tecnologia e meio ambiente”.

O presidente da Fiergs, Heitor Muller, falou da importância desse evento binacional que existe para complementar os interesses dos dois países. “A Fiergs se torna palco desta grande oportunidade de evoluirmos entre empreendedores. As dificuldades passam e o empreendedorismo fica”, afirma.

Paulo Tigre, vice-presidente da CNI, destacou o amplo acordo de parcerias econômicas que já existe entre os países e falou que o evento “fortalece o diálogo e discussões de interesses conjuntos”.

Durante a programação do dia será apresentado ao público o relatório feito em conjunto, com os avanços de cooperação econômica entre os países no último ano.

A abertura do encontro também contou com a presença do secretário da SDECT Fábio Branco.

Cassiane Osório

Comentários

Comentários