Chuva de volta ao RS gera preocupação: veja o que esperar

A MetSul Meteorologia alerta para um novo período de chuva volumosa no Rio Grande do Sul a partir de sábado (15/06), com potencial para gerar cheias, alagamentos e transtornos em diversas regiões do estado.

VIU - Internet

A instabilidade, que se estenderá por vários dias, é motivo de preocupação para as autoridades, que pedem cautela à população.

Risco de cheias e alagamentos:

A principal preocupação reside na persistência da chuva ao longo dos próximos dias.

Apesar de os volumes projetados serem inferiores aos observados em maio, quando o estado enfrentou severas enchentes, a soma das precipitações pode levar à elevação dos níveis dos rios, com risco de cheias em algumas áreas, especialmente na Metade Norte e Oeste de Santa Catarina.

Dr. Sander Fridman - 16/11

Além disso, a chuva pode agravar a situação em áreas ainda em processo de recuperação das inundações de maio, com risco de alagamentos em locais onde a rede de esgotos ainda está comprometida pela presença de lixo e entulhos.

Regiões em alerta:

As áreas com maior risco de cheias e alagamentos, segundo os modelos meteorológicos, são a Metade Norte do Rio Grande do Sul e o Oeste de Santa Catarina.

No entanto, a MetSul ressalta que a chuva pode afetar todo o estado, com volumes altos também em pontos da Metade Sul.

Massagem
Chuva de volta ao RS gera preocupação: veja o que esperar

Prevenção e cuidados:

As autoridades pedem à população que se mantenha informada sobre as atualizações da previsão do tempo e tome medidas de precaução para minimizar os riscos.

Entre as medidas recomendadas estão:

  • Evitar áreas de risco de alagamentos e cheias;
  • Manter-se atento aos avisos das autoridades;
  • Ter um plano de contingência em caso de necessidade de evacuação;
  • Não dirigir em áreas alagadas;
  • Limpar calhas e telhados para evitar acúmulo de água;
  • Armazenar água potável e alimentos em caso de interrupção dos serviços;
  • Manter os documentos importantes em local seguro.
Disco Mania

Infraestrutura afetada:

A chuva volumosa também pode afetar a infraestrutura já seriamente comprometida pelas inundações de maio, com risco de quedas de barreiras em rodovias e deslizamentos de terra na Serra Gaúcha.

Recomendações:

  • Evitar deslocamentos desnecessários, especialmente em áreas de risco;
  • Reduzir a velocidade ao dirigir em rodovias;
  • Manter os faróis acesos mesmo durante o dia;
  • Ficar atento a sinais de instabilidade nas encostas;
  • Em caso de necessidade, buscar abrigo em local seguro.
Litoralmania -Sistemas

Conclusão:

O novo episódio de chuva volumosa no Rio Grande do Sul exige atenção e cautela da população.

As autoridades reforçam a importância de se manter informado e tomar medidas preventivas para minimizar os riscos e garantir a segurança.

Lembre-se: a sua segurança é a prioridade. Siga as orientações das autoridades e tome as medidas necessárias para se proteger.

Receba as principais notícias no seu WhatsApp

Comentários

Comentários