Consumo de álcool gel em julho triplica em relação ao ano passado

Com novos casos de Gripe A chamando a atenção no Estado, o consumo de álcool gel já registra forte alta nas farmácias e supermercados da Capital. Na rede de farmácias Panvel, por exemplo, as vendas de julho triplicaram em relação ao mesmo período do ano passado. As lojas da rede Walmart no Rio Grande do Sul tiveram comercialização 82% maior na segunda quinzena de junho, em relação à primeira.

A farmacêutica da Panvel Leonor Pinto Moura conta que apenas nos primeiros nove dias de julho foram vendidas mais de 19 mil unidades do produto e que já encontram dificuldade em reabastecer os estoque. Apesar disso, Leonor garante que a farmácia está se preparando para que não falte produto em nenhum momento.

— Conseguimos uma compra de mais 20 mil unidades que deve garantir as vendas do mês, mas está difícil. Estamos vendendo mais de 2 mil unidades por dia — revela Leonor.

Muitos usam o produto para se previnir e principalmente depois de circularem em ambientes públicos. A estudante de design Bibiana Saldanha, de 19 anos, afirma que não fica sem um tubo do produto por perto.

— Eu comprei no primeiro surto de Gripe A, usei tudo, e segui comprando. Como ando muito na rua, de ônibus, gosto de estar sempre protegida — diz Bibiana.

Leia mais notícias sobre Gripe A

Principais sintomas da gripe A:
– Tosse e espirros
– Fortes dores no corpo, na cabeça e na garganta
– Febre alta,acima de 38°C
– Pode haver náuseas, vômitos e diarreia
– Falta de ar

Para prevenir a contaminação, é aconselhado:
-Ter um pequeno estoque de álcool gel em casa
– Higienizar as mãos com frequência, principalmente após tossir ou espirrar
– Utilizar lenço descartável para higiene nasal
– Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir
– Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca
– Não partilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal
– Evitar aperto de mãos, abraços e beijo social
– Reduzir contatos sociais desnecessários e evitar, dentro do possível, ambientes com aglomeração
– Ventilar os ambientes

Comentários

Comentários