Detritos de foguete chinês devem cair na Terra nos próximos dias

Foto meramente ilustrativa. Foto: NASA/Joel Kowsky

Mundo: restos de foguete chinês que entregou um novo módulo à estação espacial do país asiático na segunda-feira (25) devem cair na Terra no início da próxima semana, de acordo com o Comando Espacial dos Estados Unidos, que está rastreando a trajetória da espaçonave.

O Long March 5B, de 23 toneladas, que transportava parte do laboratório Wentian, decolou da ilha de Hainan às 14h22 (hora local) no domingo (24).

O módulo atracou com sucesso no posto orbital da China.

Com seu trabalho concluído, o foguete entrou em uma descida descontrolada em direção à atmosfera da Terra e não está claro onde cairá.

O local exato de reentrada do equipamento só pode ser determinado algumas horas antes de ocorrer, de acordo com o Esquadrão de Controle Espacial norte-americano.

Essa é a terceira vez que o país é acusado de não lidar adequadamente com detritos espaciais de estágios de foguetes.

No ano passado, o administrador da NASA, o senador Bill Nelson, divulgou a seguinte declaração:

“As nações que exploram o espaço devem minimizar os riscos para pessoas e propriedades na Terra de reentradas de objetos espaciais e maximizar a transparência em relação a essas operações.

“Está claro que a China não está cumprindo os padrões responsáveis ​​em relação aos seus detritos espaciais.

“É fundamental que a China e todas as nações espaciais e entidades comerciais atuem de forma responsável e transparente no espaço para garantir a segurança, estabilidade, proteção e sustentabilidade a longo prazo das atividades do espaço sideral.”

Comentários

Comentários