Grêmio: Alisson tem confirmada ruptura ligamentar no tornozelo

O meia-atacante Alisson, do Grêmio, teve confirmada uma ruptura ligamentar de alto grau do tornozelo direito.

A previsão inicial de parada é de pelo menos dois meses.

A lesão ocorreu após entrada violenta de Andrés Correa, jogador do La Equidad, em Alisson, aos 26 minutos da etapa inicial.

O paraguaio Éber Aquino deu apenas cartão amarelo no lance.

Aliás, a falta de critério na aplicação dos cartões foi o principal problema da arbitragem na vitória por 2 a 1 do Grêmio contra o La Equidad, na abertura da fase de grupos da Copa Sul-Americana.

Outra lesão

Em outubro de 2020, o jogador teve também lesão ligamentar no tornozelo, só que no esquerdo, após receber um pisão do então São Paulino, Tchê Tchê.

Na ocasião, o presidente gremista, Romildo Bolzan, não poupo críticas a arbitragem.

— Uma arbitragem desastrosa, incapaz, e… Ficamos por aqui neste momento. Não deu dois pênaltis, não expulsou dois jogadores do São Paulo, não criou uma condição de domínio da partida nem coibiu a violência, e deu no que deu.

Nesta lesão, o tempo de recuperação era de duas a três semanas, mas o jogador de 27 anos ficou mais de dois meses entre o departamento médico e os trabalhos de recondicionamento físico.

Comentários

Comentários