México: candidato derrotado pedirá anulação das eleições

O candidato à Presidência do México pelo Partido da Revolução Democrática (PRD), Andrés Manuel López Obrador, informou hoje (9) que pedirá ao Tribunal Eleitoral na próxima quinta-feira (12) a anulação das eleições de 1º de julho. O partido acusa o ganhador do pleito, Enrique Peña Nieto, de cometer irregularidades durante a campanha, como recebimento de financiamento ilícito.

No último domingo (8), o Instituto Federal Eleitoral concluiu a recontagem dos votos e, pelos resultados oficiais, Peña Nieto teve 38,21% dos votos, seguido por López Obrador com 31,59% e em terceiro lugar ficou Josefina Vázquez Mota, com 25,41% dos votos.

López Obrador “considerou ainda que a recontagem de mais de metade dos votos da eleição presidencial, que decorreu na semana passada, ‘não é suficiente’ para garantir a legitimidade do processo eleitoral”, informou a agência pública de notícias de Portugal, Lusa.

Comentários

Comentários