Necropsia confirma que jovem assassinada em Osório não estava grávida

13501603_286431568372902_4235963769809638525_n
Vanessa Rodrigues, de 20 anos, foi assassinada, na passarela da BR-101

Exames da necropsia constataram que a jovem Vanessa Rodrigues, de 20 anos, não estava grávida, de acordo com informações divulgadas pela Rádio Gaúcha. A suposta gravidez teria motivado um homem que ainda não teve seu nome confirmado pela polícia a estrangular a vítima na noite da terça-feira, na passarela da BR-101, perto do Supermercado Nacional, em Osório. No dia de ontem a polícia pediu à Justiça a prisão temporária do suspeito.

De acordo com a Polícia Civil, ele era casado e não queria ter o filho. Em entrevista a mesma emissora, seu advogado afirmou que o suspeito irá se apresentar hoje na Delegacia de Polícia. Ele saiu de casa para evitar confronto com a família da vítima, que mora no mesmo bairro, ainda segundo sua defesa.

Vanessa era aluna da Escola Polivalente, no turno da noite. A instituição não funcionou nesta quarta-feira.

Comentários

Comentários