Renato revela em coletiva que colocou cargo à disposição e JP está de saída do Grêmio

Renato Portaluppi assegurou sua permanência no Grêmio mesmo após a goleada de 3 a 0 sofrida contra o Juventude neste domingo, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul.

“Hoje, depois do jogo, conversei com a direção e perguntei se queriam interromper o trabalho. Disseram que não e que confiam,” declarou o treinador em coletiva.

Renato expressou confiança na recuperação do time, afirmando que o Grêmio sairá da zona de rebaixamento rapidamente.

“Nós estamos a uma vitória de sair do rebaixamento. Temos dois jogos a menos, estamos classificados na Libertadores e a 90 minutos de avançar na Copa do Brasil,” destacou.

Portaluppi também garantiu que o time vai melhorar e pediu paciência à torcida.

“Estou dando a minha cara para bater, estou dando a palavra. Tenho certeza que vamos melhorar. O torcedor pode ficar tranquilo,” reafirmou.

Apesar de admitir a má fase, Renato lembrou do desempenho do Grêmio no ano passado, quando terminou em segundo lugar no Brasileirão.

“O negócio é trabalhar. Peço paciência ao torcedor, essa fase vai passar e tem que passar o mais rápido possível.”

Comentando sobre o jogo, Renato reconheceu que o time não foi bem, mas minimizou a derrota. “Não estivemos tão bem. Falhamos nos gols do Juventude. Tivemos lances duvidosos, como o gol do Edenílson e um pênalti no Villa, mas não vou ficar falando sobre isso.”

Renato evitou falar sobre a temporada de 2021, quando o Grêmio foi rebaixado, mas mencionou: “Naquela ocasião, eu avisei o que ia acontecer.”

Outra informação importante revelada pelo treinador foi a saída do atacante JP Galvão do clube.

“Ele me procurou na quinta-feira e pediu para se desligar. Eu passei o assunto para a diretoria. Fiquei triste pela situação que o jogador vinha passando no clube,” afirmou Renato.

Renato ainda acrescentou que entende a decisão do jogador. “Falei com ele que faria a mesma coisa no lugar dele. No momento em que fica esse clima entre jogador e torcedor, fica uma situação muito chata. Ele vai treinar por mais uns 4 ou 5 dias e depois será desligado do grupo.”

JP Galvão, anunciado pelo Grêmio em 2 de agosto do ano passado, disputou 45 partidas e marcou apenas três gols com a camisa tricolor.

Comentários

Comentários