Adolescente de Maquiné é responsabilizado por ato análogo a terrorismo e apologia ao nazismo

A Polícia Civil divulgou nesta quinta-feira (20) que concluiu o inquérito sobre o adolescente de 14 anos que foi apreendido em Maquiné,na semana passada.

Ele foi responsabilizado por ato análogo a terrorismo e apologia ao nazismo.

Conforme o inquérito, há ainda indícios suficientes sobre incitação a delitos relacionados a supostos planos para ataques em escolas.

Este enquadramento se deve ao fato de que o investigado mantinha contato com outro adolescente, apreendido no mesmo dia, no Paraná — ambos conversavam sobre datas e ações em estabelecimentos de ensino.

O titular da Delegacia de Santo Antônio da Patrulha, mas que também está respondendo por Maquiné, delegado Valdernei Tonete, diz que o inquérito já foi remetido à Justiça.

Ele apenas responsabilizou um dos dois adolescentes apreendidos na cidade na semana passada.

O outro, que também tem 14 anos, não teve indícios apontados contra ele.

— Nós vasculhamos o telefone dele, ouvimos ele, inclusive o Ministério Público, e houve a decisão de não representar pela internação dele na Fase (Fundação de Atendimento Socioeducativo) — diz Tonete.

O adolescente responsabilizado por Tonete segue internado na Fase. Ele já havia admitido anteriormente que todos os objetos apreendidos em sua casa — como facas, simulacros de arma, capacete, soqueira, bandeiras e desenhos nazistas e fascistas — eram deles.

Além disso, confirmou a elaboração de um plano para ataque em escola, mas sem data específica.

Os pais dele estão presos preventivamente desde a semana passada e respondem a outro inquérito, que é conduzido pela Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) da Polícia Civil.

Eles foram ouvidos novamente na quarta-feira (19), negando qualquer tipo de incitação ao preconceito ou fomento a um possível comportamento violento do filho.

O casal já havia alegado ainda que o adolescente tem problemas psicológicos.

Receba as principais notícias no seu WhatsApp

Comentários

Comentários