Alerta de ciclone e desaparecimento de embarcação no litoral do RS: o que se sabe até agora

Embarcação pesqueira está desaparecida no litoral do RS

Alerta de um ciclone em alto mar emitido pela Capitania dos Portos, mas a embarcação Manuela Simão teria ficado na região pois estava em uma área boa para pesca.

INB Telecom

É o que relatam pescadores que estavam na ocasião na altura do litoral do Rio Grande do Sul trabalhando.

Já se passaram duas semanas do desaparecimento da embarcação catarinense Manuela Simão, de Itajaí. O barco pesqueiro e os seis tripulantes foram localizados pela última vez nas proximidades litoral sul gaúcho.

Dr. Bruno Loranos Germani

As buscas estão sendo realizadas pelo Comando do 5º Distrito Naval desde o dia 12 de novembro.

Os pescadores saíram de Santa Catarina no dia 18 de outubro para realizar um período de pesca no litoral sul até o dia 11 de novembro.

A última resposta dos tripulantes foi no dia 4 de novembro, mas até o dia 06 havia sinal da embarcação.

Eles foram identificados como Madson Orlando Simão, João Maricelo Matos Santana, Rafael Matos Santana, Elizandro Rodrigues Silveira, Arildo Honorato e Edmar Marcelino Ribeiro.

Cosmos Uniformes
Alerta de ciclone e desaparecimento de embarcação no litoral do RS: o que se sabe até agora

Em nota publicada na noite de segunda-feira (27), o Comando do 5º Distrito Naval afirmou que as buscas vão seguir por mais alguns dias, mas não soube dizer a data exata.

Além do avião da FAB, a Marinha contou com o apoio de uma aeronave do Uruguai, que também realizou buscas aéreas.

Disco Mania

As varreduras no mar ocorrem no litoral do Rio Grande do Sul, da fronteira marítima com o Uruguai até Itajaí.

Nos últimos dias, o Salvamar Sul — equipe de salvamento da Marinha — recebeu diversas informações sobre possíveis áreas em que a embarcação teria sido avistada, porém nada foi encontrado.

Receba as principais notícias no seu WhatsApp

Comentários

Comentários