Dengue na gestação: alerta vermelho para um risco crescente

Dados alarmantes do Ministério da Saúde revelam um aumento de 345,2% nos casos de dengue em gestantes nas primeiras semanas de 2024, em comparação com o mesmo período de 2023.

VIU - Internet

Fatores de risco:

  • Mudanças hormonais durante a gestação
  • Maior suscetibilidade à infecção
  • Risco cinco vezes maior de complicações

Complicações graves:

  • Hemorragia
  • Aborto
  • Nascimento prematuro
  • Desidratação
Feira dos Retalhos

Prevenção:

  • Uso de repelentes à base de DEET
  • Telas e mosquiteiros
  • Eliminação de água parada

Tratamento:

  • Hidratação constante
  • Repouso
  • NÃO usar aspirina, ibuprofeno ou nimesulida
  • Procurar atendimento médico em caso de febre alta, dor muscular e dor atrás dos olhos

A dengue na gestação é uma ameaça real à saúde da mãe e do bebê. É fundamental redobrar os cuidados e buscar ajuda médica ao menor sinal de sintomas.

Compartilhe este alerta e proteja as gestantes!

Massagem
Dengue na gestação: alerta vermelho para um risco crescente

Para mais informações:

Juntos, podemos prevenir a dengue e proteger a vida!

Receba as principais notícias no seu WhatsApp

Registre sua marca

Comentários

Comentários