MetSul alerta para perigoso cenário de tempo severo no RS nas próximas horas

A MetSul Meteorologia alerta para um perigoso cenário de tempo severo no final desta quinta e no começo da sexta-feira com elevado risco de temporais que podem ser fortes a severos no Rio Grande do Sul.

VIU - Internet

Há possibilidade de tempestades suficientemente fortes para causar danos em diferentes municípios.

O vórtice ciclônico (centro de baixa pressão) responsável pela chuva e os temporais isolados de ontem no Sul do Brasil e em São Paulo já se afastou para o mar, entretanto se projeta que novas áreas de instabilidade devem se formar no Rio Grande do Sul, onde o sol neste momento predomina.

Portela Serviços Funerários

A mudança do tempo vai começar a partir do Oeste do Rio Grande do Sul nesta quinta-feira (10).

Áreas de instabilidade com chuva e raios vão se formar no fim da tarde e/ou à noite na porção Oeste do território gaúcho.

No fim do dia e no decorrer da madrugada da sexta, a instabilidade do Oeste vai rapidamente se deslocar para as demais regiões gaúchas com tendência de forte intensificação, o que vai levar chuva a todas as regiões gaúchas no começo da sexta.

MetSul alerta para perigoso cenário de tempo severo no RS nas próximas horas
Livros Cristãos

A maioria dos modelos numéricos indica que a instabilidade deve chegar à região de Porto Alegre e área metropolitana durante a madrugada desta sexta-feira com risco de chuva forte, granizo e vendavais que localmente podem ser fortes a intensos.

É estimada a chegada do mau tempo entre 2h e 3h da manhã na área da capital.

O deslocamento da instabilidade pelo estado entre a madrugada e a manhã desta sexta-feira vai ser muito rápido, assim a MetSul Meteorologia antecipa que o tempo melhora com o retorno do sol e elevação da temperatura durante a sexta.

star

Na Metade Norte, contudo, há possibilidade de pancadas de chuva com risco ainda de temporais isolados de granizo da tarde para a noite da sexta-feira, embora o sol apareça com nuvens em diversos pontos da região.

Por que o cenário preocupa?

Modelos numéricos indicam que no começo da sexta-feira a instabilidade vai ganhar muita força ao se deslocar pelo Rio Grande do Sul.

Além disso, o sistema convectivo deve organizar linha de instabilidade de alto potencial de tempo severo.

Chuva intensa com altos volumes de chuva em curto período e, fundamentalmente, granizo de variado tamanho, podem ocorrer.

Outra preocupação é que o modelo indica a formação de uma linha de instabilidade e de deslocamento muito rápido do Centro para o Leste (Litoral) e o Nordeste do estado.

É o tipo de situação que leva à formação de frentes de rajadas com alto risco de vendavais que podem ser fortes.

A MetSul adverte para o alto potencial de vento forte com rajadas em muitas cidades de 60 km/h a 80 km/h, mas que em alguns pontos pode alcançar de 100km/h a 120km/h.

Assim, rajadas de vento com potencial de danos ou mesmo destrutivas não são afastadas.

Há risco ainda de fenômenos severos isolados de vento como microexplosões e tornados, considerando a presença de uma corrente de jato em baixos níveis com vento de até 100 km/h a 1.500 metros de altitude, gerando grande cisalhamento de vento.

Receba as principais notícias no seu WhatsApp

Comentários

Comentários