Adolescente de 15 anos é apreendido suspeito de participar de chacina em Cidreira

Chacina deixa cinco mortos e feridos em Cidreira

Um adolescente de 15 anos foi apreendido pela Brigada Militar na noite de quinta-feira em Sapucaia do Sul.

Hoffmeister Assistência Funeral

A polícia investiga se ele tem relação com a chacina que resultou em cinco mortes em Cidreira na quarta-feira.

O jovem já era investigado por outro homicídio ocorrido em Cidreira em janeiro deste ano.

Investigação em andamento

A apreensão do menor ocorreu em Sapucaia do Sul em função de sua ligação com o homicídio de janeiro.

Dr. Sander Fridman - 16/11

Após os procedimentos legais, ele foi encaminhado para a Delegacia de Polícia de Cidreira para interrogatório.

O delegado responsável pelo caso, Antônio Carlos Ractz Júnior, informou que dois dos quatro suspeitos da chacina já foram identificados.

A polícia continua buscando os outros envolvidos.

Motivação e vítimas

A principal linha de investigação para a chacina é a disputa por território pelo tráfico de drogas.

Adolescente de 15 anos é apreendido suspeito de participar de chacina em Cidreira
Livros Cristãos

No entanto, outras hipóteses também estão sendo consideradas.

Os dois crimes ocorreram em reciclagens e a maioria das vítimas não tinha antecedentes criminais.

Detalhes dos crimes

Na primeira casa atacada, três pessoas foram mortas: Édison Moura Espindola, de 61 anos, foi morto a tiros, enquanto Gian Cavalheiro Brisola e Luiz Alberto Xavier, de 19 e 68 anos, respectivamente, foram carbonizados.

Já no segundo local, duas pessoas foram assassinadas: Florindo Pedroso e Luis Claudio Canabarro dos Santos, de 66 e 44 anos.

Xis do Jô

Outras informações

Duas pessoas ficaram feridas nos ataques, uma em cada local.

Uma delas já recebeu alta hospitalar, e a outra segue internada, mas sem risco de morte.

Receba as principais notícias no seu WhatsApp

Registre sua marca

Comentários

Comentários