Amigos de jovem desaparecido se organizam para “vasculhar” morro em Osório

12523100_10208259895879098_5625737779557173200_nSegue o mistério do desaparecimento de Marcelo Anflor da Silva. Funcionário da farmácia da prefeitura, Anflor não é visto desde o sábado, dezesseis de janeiro.

De acordo com informações de um familiar, o rastreador de seu celular tem como último local, o dia do desaparecimento, às 22h30min, nas proximidades do Clube Sulbrasileiro, em Osório. Ainda de acordo o parente, Marcelo deixou o carro na garagem de casa e saiu levando a carteira com documentos, cartões e dinheiro.

O celular desde então não chama e os cartões de crédito não teriam sido utilizados neste período.

Outra pista foi dada por uma conhecida de Marcelo que teria visto ele subindo o Morro da Borússia, a pé, por volta das 23h do mesmo dia.

E é com esta única informação que amigos e familiares estarão se reunindo hoje, às 17h30min, no Largo do estudantes, no centro da cidade. A ideia é reunir um grupo com o maior número de pessoas possível, para ingressarem nas trilhas existentes no morro.

Procurada a Polícia Civil disse não ter novidades sobre o caso.

Redação Litoralmania

Comentários

Comentários