Chuva no RS causa estragos e previsão é de mais temporais

A chuva forte e os temporais continuam causando estragos no Rio Grande do Sul devido à persistência de uma massa de ar quente e úmida sobre o estado.

Frigorifico Borrussia

Desde o final da semana passada, tempestades e chuvas intensas têm sido registradas em várias cidades, causando transtornos e danos significativos.

Nas últimas horas, Frederico Westphalen, no Médio Uruguai, foi uma das cidades mais afetadas, com relatos de moradores descrevendo a chuva como a mais intensa já vista na região.

Dr. Sander Fridman - 16/11

Santo Ângelo também enfrentou alagamentos, enquanto Rio Grande e Jaguarão registraram fortes chuvas nesta terça-feira.

Em Frederico Westphalen, a estação meteorológica oficial registrou 87 mm de chuva, mas o pluviômetro do quartel dos bombeiros marcou mais de 150 mm durante o temporal.

Livros Cristãos
Chuva no RS causa estragos e previsão é de mais temporais

Essas variações são comuns em chuvas convectivas, associadas ao ar quente e úmido.

O volume de chuva causou inundação repentina em Frederico Westphalen, transformando ruas em rios e invadindo casas e comércios. Carros foram arrastados pelas águas, especialmente nos bairros Santo Antônio, Aparecida, Jardim Primavera e na parte baixa do Centro.

star

Diante dos estragos, a prefeitura de Frederico Westphalen está considerando decretar situação de emergência.

Na semana passada, Uruguaiana já havia decretado emergência após chuvas equivalentes a dois meses em apenas dois dias.

Os acumulados de chuva desde o final da semana passada são alarmantes em diversas regiões gaúchas, especialmente na Metade Oeste. Uruguaiana lidera com 285 mm, seguida por Alegrete com 171 mm e Quaraí com 170 mm.

Litoralmania Sistemas

A MetSul Meteorologia alerta para a continuidade do mau tempo.

A massa de ar quente favorecerá mais chuvas intensas e temporais localizados nesta tarde e noite, especialmente no Noroeste e Norte. Amanhã, o risco é maior no Oeste e Sul do estado.

Na quinta-feira, uma frente fria intensa deve cruzar o Rio Grande do Sul, trazendo chuvas generalizadas e fortes na maioria dos municípios, incluindo cidades mais a Leste, como Pelotas e Porto Alegre, que até agora receberam pouca chuva.

Receba as principais notícias no seu WhatsApp

Comentários

Comentários