Defesa Civil alerta para temporais nas próximas horas no RS

Foto: litoralmania - Ventania em Osório

A Sala de Situação do RS alerta para o retorno da chuva e vento fortes, acompanhados de descargas elétricas e eventual queda de granizo, especialmente nas regiões Oeste, Missões, Noroeste e próximo ao Centro do Rio Grande do Sul.

Frigorifico Borrussia

Confira a previsão completa e as medidas de prevenção da Defesa Civil.

O monitoramento da Sala de Situação do RS identificou que entre a tarde e noite do sábado (6/4), com o fluxo de umidade vindo do norte do país, aliado a uma área de baixa pressão, retornam ao RS a chuva e vento pontualmente fortes, acompanhados de descargas elétricas e eventual queda de granizo, especialmente nas regiões Oeste, Missões, Noroeste e próximo ao Centro do Estado, com volumes entre 15 e 40 mm/dia.

Dr. Bruno Loranos Germani

Além dos ventos associados aos temporais (entre 60 e 80 km/h), deverão ocorrer rajadas em praticamente todo o RS, oscilando entre 30 a 50 km/h.

Durante a madrugada e manhã do domingo (7/4), devido ao deslocamento de uma região de baixa pressão reforçando o fluxo de umidade vindo do norte do país, as tempestades se intensificam e se espalham em praticamente todo o Rio Grande do Sul, trazendo chuvas pontualmente intensas, descargas elétricas e eventual queda de granizo.

Livros Cristãos
Massagem

Os volumes variam entre 40 e 60 mm/dia, devendo passar isoladamente dos 100 mm/dia em áreas das Missões, Centro, Costa Doce, Região Metropolitana de POA , Vales e Nordeste gaúcho.

Durante o avanço das instabilidades, os ventos podem variar entre 60 e 80 km/h, com risco de ficar acima dos 80 km/h enquanto os temporais atuam sobre as regiões.

A tendência é que o tempo firme volte a predominar em grande parte do território gaúcho ao longo da segunda-feira (8/4), devido à atuação de uma massa de ar seco.

Xis do Jô

Porém, na metade Norte, ainda há condição para chuva fraca a moderada e trovoadas.

A Defesa Civil gaúcha alerta para o risco de transtornos associados ao tempo severo e às chuvas pontualmente intensas, que podem ocasionar rápidas elevações dos níveis em arroios, córregos, pequenos rios e regiões ribeirinhas, assim como lenta elevação dos rios principais, além de alagamentos pontuais nos perímetros urbanos.

Se você mora em áreas com histórico de alagamento, fique atento e adote medidas de prevenção. Busque informações junto à Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil sobre abrigos públicos e vias de acesso alternativas.

Receba as principais notícias no seu WhatsApp

Registre sua marca

Comentários

Comentários