Estado terá mais 29 leitos de Unidade de Terapia Intensiva

O Rio Grande do Sul terá R$ 4.780.984,32 incorporados ao teto financeiro anual de média e alta complexidades, o que vai contribuir também para ampliação do atendimento a casos de gripe A (H1N1). A portaria de liberação dos recursos – pelo Ministério da Saúde – foi publicada nesta sexta-feira (24) no Diário Oficial da União.

Estão sendo cadastrados 29 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e reclassifica 38 leitos de UTI para o tipo II. A reclassificação dos leitos representa uma melhoria em infraestrutura, contratação de médicos e compra de equipamentos. Os leitos ficarão nos municípios de Vacaria, São Borja, Alegrete, Uruguaiana e Santo Ângelo.

Em Vacaria, são dez leitos adultos tipo II, com valor de R$ 1.058.457,60; em São Borja, 7 leitos adultos tipo II, com valor de R$ 137.871,36; em Alegrete, dez leitos neonatais tipo II, com valor de 1.378.713,60; em Uruguaiana, 8 leitos pediátricos tipo II e 12 leitos adultos tipo II, com valor de R$ 275.742,72; e em Santo Ângelo, dez leitos neonatais tipo II e dez leitos adultos tipo II, no valor de R$ 1.930.199,04.

Comentários

Comentários