Funcionária-fantasma e diretores do Coren/RS são condenados por desvio de R$ 425 mil

Ex-presidente, ex-secretário e funcionária fantasma do Conselho Regional de Enfermagem do Rio Grande do Sul (Coren/RS) foram condenados por atos de improbidade administrativa que resultaram no desvio de R$ 425 mil.

Hoffmeister Assistência Funeral

A sentença, publicada em 21/3 pelo juiz federal Felipe Veit Leal da 6ª Vara Federal de Porto Alegre, aponta que a funcionária, nomeada para cargo de confiança, nunca exerceu suas funções.

Funcionária fantasma:

  • Recebia salário mensal de R$ 8.468,00 entre julho de 2012 e janeiro de 2015.
  • Raramente comparecia à sede do Coren/RS.
  • Usava o Centro Histórico e Cultural do Coren para atividades particulares.
Feira dos Retalhos

Desvio de recursos:

  • Juiz verificou dolo dos dois diretores responsáveis pela contratação da funcionária.
  • A funcionária utilizava o espaço para receber pessoas estranhas à instituição e desenvolver atividades de artesanato para comércio.
Massagem
Funcionária-fantasma e diretores do Coren/RS são condenados por desvio de R$ 425 mil

Condenação:

  • Ex-presidente e ex-secretário:
    • Ressarcimento integral de R$ 425 mil aos cofres públicos.
    • Multa civil de R$ 82.005,71 cada.
    • Suspensão dos direitos políticos e proibição de receber benefícios por 8 anos.
  • Funcionária fantasma:
    • Multa civil de R$ 425 mil.
    • Perda do patrimônio ilicitamente adquirido (R$ 425 mil).
    • Suspensão dos direitos políticos e proibição de receber benefícios.

Cabe recurso ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4).

Receba as principais notícias no seu WhatsApp

Litoralmania Sistemas

Comentários

Comentários