Gaúcho Daniel Cargnin fatura primeiro bronze do judô brasileiro na Olimpíada

Daniel Cargnin conquistou o bronze em Tóquio. © Gaspar Nóbrega/COB/Direitos Reservados

O gaúcho Daniel Cargnin conquistou na madrugada deste domingo (25) a medalha de bronze na categoria até 66 kg na Olimpíada de Tóquio 2020.

INB Telecom

No lendário ginásio Budokan, a 23ª medalha da modalidade para o país na história dos Jogos foi conquistada com a vitória do atleta da Sogipa sobre o israelense Baruch Shmailov.

A luta foi bastante tensa, o brasileiro precisou ser atendido pelos médicos depois de sofrer um corte após uma entrada do adversário.

Rey das Surdinas - 13/06/2017

Mas o jovem atleta de 23 anos conseguiu confirmar a medalha com um wazari.Gaúcho Daniel Cargnin fatura primeiro bronze do judô brasileiro na Olimpíada

O japonês Hifumi Abe, que passou por Cargnin na semifinal, ficou com a medalha de ouro, a prata ficou com o georgiano Vazha Margvelashvili. A outra medalha de bronze foi do sul-coreano Baul An.

Algodão Doce Escola Infantil
Livros Cristãos

Antes de chegar na disputa do bronze, Daniel Cargnin bateu o egípcio Mohamed Abdelmawgoud e Denis Vieru, da Moldávia. Nas quartas de final, ele passou pelo líder do ranking mundial, o italiano Manuel Lombardo, com um lindo wazari no final do combate.

Agência Brasil

Disco Mania

  • Daniel tem 23 anos e nasceu no Rio Grande do Sul
  • O interesse dele pelo judô surgiu ainda na infância
  • Namora a ginasta Julie Kim
  • É Sargento da Marinha
  • É completamente apaixonado por doguinhos 🐶❤️
  • Tem duas irmãs
  • Nas redes sociais, o atleta tem o costume de sempre agradecer o apoio que a família deu em sua trajetória no judô
  • É fã de tatuagem. O atleta tem MUITAS tattoos pelo corpo
  • Teve Covid-19 e ficou de fora do Campeonato Mundial de Budapeste, na Hungria

Comentários

Comentários