Governo gaúcho especializa professores para atender pessoas com deficiência

O Governo do Estado está realizando diversas atividades alusivas à garantia de direitos para as pessoas com deficiência no Rio Grande do Sul, durante o mês de agosto. De acordo com a Secretaria da Justiça e do Desenvolvimento Social, a Fundação de Articulação e Desenvolvimento de Políticas Públicas para Pessoas Portadoras de Deficiências e de Altas Habilidades (Faders) iniciou a programação da Semana Estadual da Pessoa com Deficiência com o curso de Atendimento Educacional Especializado (AEE).

O curso terá 152 horas e visa fortalecimento das redes de ensino, garantindo não somente o acesso à escola comum, mas a permanência e a aprendizagem de alunos com deficiência, com transtornos globais do desenvolvimento e com altas habilidades. A turma é composta por 30 alunas dos municípios de Porto Alegre, Gravataí, Viamão, Guaíba, Dom Feliciano, Dom Pedrito, Capivari do Sul, Osório, Campo Bom, Alvorada, Palmares do Sul e Capivari. As aulas vão até dezembro com apresentação de trabalhos de conclusão de curso. Devido grande procura, há expectativa para novas turmas.

Conforme Clarissa Alliati Beleza, coordenadora substituta de educação da Faders, o curso tem como principal diferencial o professor mediador, que acompanha todas as aulas e vai relacionando os conteúdos das diversas disciplinas através da prática da mediação. “É importante identificar as barreiras que estão impedindo o aluno de participar nos diferentes contextos da escola e propor recursos e serviços para potencializar a inclusão”, explicou.

Comentários

Comentários