Mãe e madrasta de Miguel serão julgadas em Tramandaí

Imagem mostra mãe de Miguel carregando mala no dia do desaparecimento

Réus respondem por homicídio triplamente qualificado, tortura e ocultação de cadáver.

Hoffmeister Assistência Funeral

O Tribunal do Júri de Tramandaí dará início, na próxima quinta-feira (4), ao julgamento de Yasmin Vaz dos Santos Rodrigues, 28 anos, e Bruna Nathiele Porto da Rosa, 26 anos, mãe e madrasta do menino Miguel dos Santos Rodrigues, morto aos sete anos em Imbé, em julho de 2021.

O crime:

  • As rés são acusadas de espancar e matar Miguel.
  • Respondem por homicídio triplamente qualificado (motivo torpe, meio cruel e recurso que dificultou a defesa da vítima), tortura e ocultação de cadáver.
  • O corpo do menino nunca foi encontrado.
Portela Serviços Funerários

O julgamento:

  • Começa às 9h no Salão do Júri do Foro de Tramandaí.
  • Será transmitido ao vivo pelo canal do TJRS no YouTube.
  • Acusação: Promotor André Tarouco e Promotora Karine Teixeira.
  • Presidência: Juiz Gilberto Pinto Fontoura.
  • Previsão de duração: 2 dias.
Mãe e madrasta de Miguel serão julgadas em Tramandaí
Livros Cristãos

O que esperar:

  • Depoimento de 9 testemunhas.
  • Interrogatório das rés.
  • Debates entre acusação e defesa.
  • Decisão dos jurados sobre culpa ou inocência.
  • Se condenadas, o juiz definirá a pena.
Disco Mania

A denúncia:

  • O promotor André Tarouco afirma que Miguel foi morto entre 26 e 29 de julho de 2021.
  • A morte teria sido causada por agressões físicas, insuficiência alimentar, uso de medicamento inadequado e omissão de socorro.
  • Entre abril e julho, as rés teriam submetido Miguel a intenso sofrimento físico e mental.
  • Miguel era trancado em um guarda-roupas, amarrado e obrigado a fazer suas necessidades no local.
  • O menino também era obrigado a escrever frases depreciativas contra si mesmo.

Um caso que comoveu o país:

  • A morte de Miguel gerou grande repercussão nacional.
  • A crueldade do crime e a busca incessante por justiça mobilizaram a comunidade.

Receba as principais notícias no seu WhatsApp

Registre sua marca

Comentários

Comentários