Prefeitura desmente acusações sobre o canil municipal de Santo Antônio

Na última semana imagens e depoimentos na internet sobre o canil municipal de Santo Antônio da Patrulha chocaram pessoas em todo o país. Cães doentes e até mesmo um morto estamparam páginas na web culpando a prefeitura de Santo Antônio da Patrulha de descaso e maus tratos com os animais.

O caso foi parar no Ministério Público e o prefeito Daiçon Maciel da Silva O prefeito municipal encaminhou expediente a Procuradoria Geral do Município solicitando providências com urgência, no sentido de averiguar os fatos e tomar as atitudes cabíveis.

No entanto, o secretário da Saúde Ferúlio José Tedesco desmente acusações feitas na internet sobre o canil: “os animais não passam fome, o local é limpo diariamente e não existe esgoto a céu aberto, mas sim um sistema de drenagem para reduzir a umidade no local. Também é absurda a denúncia de que todas as sextas-feiras há o extermínio de animais no canil, só em casos extremos, que ofereçam risco a população.”

Conforme o servidor da Vigilância Sanitária de Santo Antônio da Patrulha, veterinário Luis Rogério Carvalho Gomes, os animais que chegam ao canil municipal normalmente se encontram com a saúde fragilizada, como era o caso do cão morto que aparece nas fotos do e-mail: “o mesmo não morreu de fome, como acusam no e-mail e não permaneceu mais de 12 horas na mesma baia com outros cães”, esclarece.

O secretário reconhece problemas de espaço no canil e disse que a estrutura será ampliada, mas destaca que os animais têm a disposição ambiente aberto, com sol e coberto para passar a noite: em cumprimento a lei municipal 4.746 de 30 de setembro de 2005, artigos 142 a 147, só serão recolhidos cães que apresentem risco a sociedade, seja por doença ou ferocidade. O secretário diz ainda que não serão aceitos no canil cães sadios que não apresentem estas características e quem descumprir o procedimento será denunciado ao Ministério Público.

Para estes casos, Ferulinho espera a ajuda da sociedade civil organizada, o estabelecimento de parcerias com associações, para então realizar uma campanha de adoção e reinserção dos animais na sociedade.

Comentários

Comentários