Preso suspeito de tentar matar médico em Capão da Canoa

Em menos de 48 horas, a Polícia Civil efetuou a prisão do autor do crime de latrocínio tentado ocorrido na noite da última quinta-feira em Capão da Canoa.

Na ocasião, um médico foi vítima do ataque. O suspeito, um homem de 22 anos foi preso no bairro Restinga, em Porto Alegre. O preso foi encaminhado à Penitenciaria Modulada de Osório.

A ação, coordenada pela Delegada Walquiria Meder, contou com o apoio do Delegado Valeriano Garcia Neto, titular da Delegacia de Polícia de Cidreira, e agentes da Seção de Investigação da 16DP de Porto Alegre.

O caso

O médico Carlos Eduardo Mouri, 55 anos, está hospitalizado em capão da canoa.

Na noite dessa quinta-feira, ele foi assaltado na avenida Beira Mar, em Capão da Canoa por volta das 19hh30min.

Carlos Eduardo chegava em seu apartamento quando foi surpreendido pelos elementos. Os meliantes levaram seu veículo, e sua carteira. Além disso o feriram com uma faca. Seu estado de saúde inspira cuidados, segundo informações do radialista Rubenir Fernandes.

Comentários

Comentários