RS detecta circulação do vírus influenza A H1N1 fora da sazonalidade e morte

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) divulgou que casos de influenza A H1N1 voltaram a ser identificados em 10 amostras de pacientes residentes em duas regiões do Rio Grande do Sul.

Os casos foram registrados a partir do dia 8 de outubro.

A informação foi divulgada nesta sexta-feira (11) pelo Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs).

Um dos pacientes morreu.

As idades dos positivados variaram de quatro a 83 anos.

Cinco casos necessitaram de hospitalização, caracterizando-se como síndrome respiratória aguda grave (SRAG). Desses, três já receberam alta hospitalar e um permanece internado.

A vítima era uma mulher, de 42 anos, moradora de Porto Alegre.

Ela não tinha histórico de comorbidades nem registro de vacinação contra influenza em 2022.

Dos cinco casos que exigiram hospitalização, quatro pacientes eram portadores de alguma comorbidade.

Receba as principais notícias no seu WhatsApp

Comentários

Comentários