Secretaria da Saúde do RS confirma morte por dengue no Litoral

A Secretaria Estadual da Saúde confirmou nesta quinta-feira mais cinco óbitos em decorrência da dengue no Rio Grande do Sul em 2024, elevando o total de mortes pela doença no estado para 34.

VIU - Internet

As vítimas são de Novo Hamburgo, Carazinho, Capão da Canoa e Gravataí.

Dois dos falecidos são homens, de 83 e 34 anos, residentes de Novo Hamburgo, que possuíam comorbidades e vieram a óbito em 15 e 18 de março, respectivamente.

Psicólogo Regis Soster

Outro homem, de 59 anos, morador de Gravataí e com comorbidades, faleceu em 19 de março em João Pessoa, na Paraíba.

As duas últimas vítimas são um homem de 58 anos, de Capão da Canoa, com infecção não autóctone, que veio a óbito em 13 de março, e uma mulher de 77 anos, residente em Carazinho, que faleceu em 15 de março.

Livros Cristãos
Massagem

Ambos também tinham comorbidades.

Em 2024, o Rio Grande do Sul já registra 27.841 casos confirmados de dengue, sendo 23.640 autóctones, ou seja, em que o contágio ocorreu dentro do Estado.

Novo Hamburgo lidera com 3.946 casos, seguida por Santa Rosa (3.107), São Leopoldo (2.627) e Tenente Portela (2.465).

A Secretaria da Saúde destaca a importância da busca por atendimento médico ao surgirem os primeiros sintomas, a fim de evitar agravamentos da doença.

Receba as principais notícias no seu WhatsApp

Registre sua marca

Comentários

Comentários