El Niño cada vez mais forte e o que esperar do clima para outubro no RS

Setembro está acabando e com ele fica o registro de mortes, muita chuva, alagamentos, raios, granizo, ventos e muitos estragos no Rio Grande do Sul.

VIU - Internet

O El Niño segue se fortalecendo no Pacífico.

Segundo a MetSul, a atuação do fenômeno El Niño deve seguir impactando o padrão de precipitação no Brasil neste mês de outubro. Espera-se excesso de chuva na Região Sul enquanto no Norte a região amazônica terá o agravamento da seca.

No Rio Grande do Sul, o estado terá outro mês com precipitações acima a muito acima da média.

Os acumulados mais altos devem se dar na Metade Norte, onde algumas cidades podem ter marcas acima de 300 mm no mês com acumulados até superiores.

Feira dos Retalhos

A tendência de chuva volumosa no mês na Metade Norte preocupa porque é a área do estado em que estão as bacias dos rios que desembocam nos vales, como o Taquari, e desaguam depois em Porto Alegre, caso do Jacuí e outros.

Como os rios já estão com os seus níveis alterados e a Lagoa dos Patos cheia, o risco de novas enchentes é agravado.

Livros Cristãos
El Niño cada vez mais forte e o que esperar do clima para outubro no RS

Com a atmosfera mais úmida e mais aquecida por conta do El Niño, há a expectativa de temporais mais frequentes que o normal no Sul do país, repetindo o que se viu durante setembro, com alta incidência de granizo – isoladamente grande e com danos – e uma maior probabilidade de vendavais.

No Sul do Brasil, em geral, a temperatura deve ficar acima da média.

No Rio Grande do Sul, os desvios devem ser menores e parte do estado, inclusive, pode ter marcas perto das médias históricas

Assim, não se antecipa um outubro muito quente para os gaúchos, embora sejam previstos alguns dias de calor e algumas noites de temperatura mais baixa, ainda de acordo com a MetSul.

Receba as principais notícias no seu WhatsApp

star

Comentários

Comentários