Polícia Ambiental combate pesca e caça ilegal em lagoa de Palmares do Sul

Na tarde de quarta-feira (31/01), uma guarnição do 4° Pelotão da 2ª Companhia de Polícia Ambiental de Tramandaí, em resposta a uma denúncia de pesca ilegal durante o período de defeso (Piracema), realizou uma operação de fiscalização na lagoa do Pinheiro, em Palmares do Sul.

VIU - Internet

Durante a averiguação, os policiais identificaram um acampamento às margens da lagoa, composto por duas barracas.

No local, foram encontrados peixes armazenados em caixas de isopor e diversos petrechos de pesca.

Além disso, a equipe avistou um barco com dois pescadores instalando redes de pesca.

A guarnição agiu estrategicamente, permanecendo no local até que o barco atracasse, possibilitando a abordagem e identificação da tripulação.

Portela Serviços Funerários

Durante a abordagem, foram apreendidas duas carabinas, sendo uma de Calibre 32 e outra de Calibre 22.

Além das armas, foram encontradas munições de Calibre 32 e Calibre 22.

A ação da Polícia Ambiental visa combater práticas ilegais que colocam em risco os recursos naturais, especialmente durante o período de defeso, quando a pesca é proibida para preservar a reprodução das espécies.

Polícia Ambiental combate pesca e caça ilegal em lagoa de Palmares do Sul
Massagem

A apreensão das armas e munições reforça o comprometimento das autoridades em coibir atividades que ameaçam o equilíbrio ambiental.

Os infratores envolvidos na pesca ilegal serão responsabilizados de acordo com a legislação vigente, e as armas apreendidas serão encaminhadas para perícia.

Xis do Jô

A Polícia Ambiental continuará atuando para preservar os recursos naturais e garantir a sustentabilidade dos ecossistemas locais.

Polícia Ambiental combate pesca e caça ilegal em lagoa de Palmares do Sul
Polícia Ambiental combate pesca e caça ilegal em lagoa de Palmares do Sul

Receba as principais notícias no seu WhatsApp

Registre sua marca

 

Comentários

Comentários