Telefone real divulgado em Round 6 deverá render indenização da Netflix

Imagina ter seu número de telefone divulgado em uma série que bombou e receber centenas de ligações por dia.

Pois foi o que ocorreu com um uma Coreana.

Ela disse ao meio de comunicação coreano Money Today:

“Desde a exibição de ‘Round 6’, recebo tantas mensagens de texto e ligações 24 horas por dia que minha vida se tornou impossível”.

A pessoa, que não teve sua identidade revelada, pediu ao diretor da série:

“Entre em contato comigo. Isso é muito perturbador”. Porém, a imprensa coreana informou que os produtores da série aconselharam a pessoa a simplesmente “mudar o número”.

De acordo com a Koreaboo, a Netflix teria oferecido 1 milhão de won sul-coreanos (cerca de 847 dólares) como forma de compensação.

Mas a oferta não foi aceita e a Netflix teria oferecido depois 5 milhões (cerca de $ 4.240).

As negociações continuam em andamento, de acordo com vários meios de comunicação coreanos.

A série estreou dia 17 de setembro no catálogo e está nas Top 10 de diversos países. No Brasil é atualmente o número 1.

O co-CEO da Netflix, Ted Sarandos, afirmou durante a Code Conference, que Round 6 será “definitivamente” a maior série não inglesa do streamer.

“Há uma grande chance de que seja nossa maior de todos os tempos”, disse ele.

Na trama sul-coreana, um grupo de 456 competidores que estão com dificuldades financeiras aceitam participar de um jogo que dará ao vencedor um prêmio de 45,6 bilhões de wons (cerca de R$ 206 milhões).

As disputas são baseadas em brincadeiras infantis do país asiático, mas que, antes que os participantes sejam avisados, se transformaram em jogos sanguinários de vida ou morte.

Comentários

Comentários