Temporais e chuvas volumosas: os próximos dias no RS

Entre o sábado e a terça-feira (23 e 26/09), as instabilidades atuam sobre o Rio Grande do Sul com risco de temporais isolados na maioria das regiões gaúchas, e chuvas volumosas até o final do evento na Campanha, Missões, Centro, Sudeste, Vales, Região Metropolitana de Porto Alegre e Nordeste, trazendo transtornos por conta dos acumulados elevados.

Frigorifico Borrussia

No sábado (23), uma região de baixa pressão segue favorecendo o tempo severo com as chuvas moderadas a fortes associadas a descargas elétricas sobre parte da Campanha, Sul e Sudeste.

Além disso, nessas áreas, não se descarta temporais isolados com eventual queda de granizo e rajadas de vento que podem ultrapassar os 80 km/h conforme as instabilidades se deslocam.

Dr. Bruno Loranos Germani

No domingo (24), a persistência de uma região de baixa pressão juntamente com o fluxo de umidade da Amazônia, e a lenta passagem de uma frente fria pelo oceano, favorecem as instabilidades em praticamente todo o Estado.

Assim, há risco de temporais isolados com queda de granizo e rajadas de vento que podem passar dos 90 km/h durante as tempestades na Campanha, Centro, Vales,Região Metropolitana, Serra e Litoral Norte.

Os acumulados variarão entre 25 e 35 mm/dia, chegando pontualmente aos 70 mm/dia nos Vales e Leste gaúcho.

Massagem
Temporais e chuvas volumosas: os próximos dias no RS

Ao longo da segunda-feira (25), o fluxo de umidade vindo de norte, juntamente com uma região de baixa pressão e o deslocamento de uma frente fria sobre o oceano favorece o tempo severo na Campanha e metade Norte do território gaúcho.

Com isso, não se descarta temporais com eventual queda de granizo e rajadas de vento na Campanha, Sul, Centro, Vales, Região Metropolitana e Litoral Norte com acumulados entre 40 e 55 mm/dia, podendo ultrapassar pontualmente os 120 mm/dia sobre o Nordeste gaúcho.

Disco Mania

Na terça-feira (26), o tempo severo segue atuando sobre a Campanha, Centro, Sudeste, Região Metropolitana e Nordeste.

Com isso, não se descarta temporais com eventual queda de granizo e rajadas de vento nas ditas regiões, além do Sul e litoral norte, com acumulados entre 50 e 65 mm/dia, podendo ultrapassar pontualmente os 100 mm/dia nessas áreas.

A condição hidrológica nos principais rios do estado é de níveis elevados, com os rios Ibicuí, Uruguai (em Uruguaiana), Jacuí e Gravataí em cotas de inundação, porém com tendência à estabilidade e declínio. Os demais se apresentam em estabilidade ou declínio em níveis de atenção ou alerta.

É esperada ocorrência de inundações gradativas com elevação dos rios principais devido aos altos acumulados, respostas rápidas rios menores, arroios e córregos onde a chuva apresentar elevada intensidade (volume elevado em pouco tempo) e possibilidade de movimentos de massa em regiões com maiores declividades.

Sendo assim, é indicada a condição de ALERTA para as bacias Butuí-Icamaquã, Ibicuí, Quaraí, Negro, Santa Maria, Vacacaí-Vacacaí Mirim, Baixo Jacuí, Taquari-Antas, Caí, Sinos, Gravataí, Guaíba, Camaquã, Litoral Médio, Tramandaí e Mampituba.

É importante que a população fique atenta e se cadastre no sistema de alertas meteorológicos, para prevenção. Envie um SMS com seu CEP para o número 40199, em seguida receberá a confirmação, a partir daí estará apto a receber as informações.

Quaisquer atualizações sobre as previsões serão comunicadas pela Defesa Civil RS, juntamente com a Sala de Situação, através das suas redes sociais e site.

Receba as principais notícias no seu WhatsApp

Comentários

Comentários